26/09/2017 14h01

Inclusão também é pauta no SUEESSOR

No dia 21 de setembro, representado por seu presidente – Antonio Gervásio Rodrigues, o SUEESSOR, participou do lançamento em português de pesquisa da Organização Internacional do Trabalho sobre a inclusão de pessoas com deficiência, cujo objetivo é, através desta, desenvolver mais iniciativas nas ações dos Sindicatos no que se refere à promoção do trabalho decente.  A apresentação aconteceu no Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco.

A pioneira pesquisa identificou como os Sindicatos estão agindo em mais de 50 países e constatou que apesar dos esforços, o cenário ainda é complexo.

Para tanto, foi apresentada e aprovada pelos participantes, uma “Carta de Compromisso do Movimento Sindical” onde se recomenda incumbências para a promoção do trabalho decente aos profissionais com deficiência.

Dentre elas:

  • Pactuar em Convenções e Acordos Coletivos de Trabalho, reivindicações que envolvam trabalho decente as pessoas com deficiência, para que as empresas tenham o compromisso de cumprir a Lei de Cotas, ou seja, contratem e garantam ambientes de trabalho acessíveis e inclusivos.
  • Promover ações de capacitação com cursos direcionados a temas específicos que norteiam o processo de inclusão dos trabalhadores com deficiência. 

Com a palavra, Antonio Gervásio destacou “a importância desta capacitação na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) na inclusão e reforçou o convite para palestra que será ministrada pelo mestre/doutor em saúde pública, servidor da secretaria da saúde de Osasco e atual coordenador da CIF no Brasil, o professor Eduardo Santana de Araújo, a se realizar amanhã  (27 de setembro) das 09h00 às 11h30 na sede do Sindicato – Rua General Bittencourt, 582”.

A reforma trabalhista também foi lembrada pelo presidente do SUEESSOR que, ressaltou a importância de conscientizar os trabalhadores da base sobre a importância de se associarem aos Sindicatos antes de 11 de novembro, data em que passará a vigorar a nova lei, para que estes possam continuar usufruindo dos direitos conquistados através das convenções e acordos coletivos fechados pelas entidades sindicais, com o objetivo de evitar retrocessos e possibilitar mais avanços na inclusão.

Voltando para a pesquisa da OIT, foi informado que esta ficará disponível as entidades e centrais sindicais nas versões: impressa, audiovisual /multimídia e em braille.

Leia também:

Conheça alguns direitos conquistados pelo SUEESSOR através das convenções coletivas

A CIF na inclusão de pessoas com deficiência